Coaching para pequenas empresas

Atualmente o assunto principal das conversas é a crise. Todos os segmentos aqui no Brasil já sentiram seus efeitos, mas quem mais tem sofrido são as pequenas empresas. Elas normalmente são mais frágeis e sentem as mudanças na economia de forma mais rápida do que empresas maiores. Seu fluxo de caixa é bastante sensível as essas “intempéries” causadas pelas desastrosas manobras dos governantes para simplesmente se manterem no poder a todo e qualquer custo.

Em nosso trabalho diário com empresas de vários segmentos como Petshops, Salões de estética e cabeleireiros, comércio em geral, clínicas médicas e odontológicas, advogados, engenheiros e pequenas e médias indústrias temos conseguido alterar esse panorama de uma forma constante, conseguindo resultados muito interessantes e além dos esperados pelos empreendedores.

No geral é um panorama preocupante pois cerca de 99% da economia do Estado de SP por exemplo depende das empresas e micro empresas, segundo Pesquisa do Sebrae. Panorama das pequenas e medias empresas em SP

O Índice de Mortalidade destas empresas menores vem diminuindo mas ainda está em patamares alarmantes e a média de fechamento ainda está próxima de 2 anos segundo estudos do SEBRAE.

Causa Mortis

O Sebrae-SP buscou 2.800 proprietários e ex-proprietários de empresas no Estado de São Paulo para entender as principais causas do fechamento das empresas e como são os primeiros cinco anos de vida dessas empresas no mercado. A pesquisa Causa Mortis, além das causas de fechamento, apresenta informações quanto à motivação do empreendedor na abertura da empresa, os recursos financeiros utilizados e o destino das empresas que permanecem em atividade ou são encerradas.

Causa Morits empresas SP

Podemos observar, segundo a pesquisa, que as principais causas de fechamento dos negócios são exatamente a falta de:

  1. Planejamento Prévio
  2. Gestão Empresarial Deficiente
  3. Comportamento Empreendedor

Mas como Mudar esse cenário?

Bem o que temos percebido em nossos Processos de Coaching com pequenas empresas é que todo empresário que quer continuar no mercado tem que se movimentar. O Coaching proporciona exatamente isso, mudança.

O primeiro passo para o aumento do faturamento em uma pequena empresa por incrível que pareça é trabalhar a cabeça do empresário, do dono do negócio para ampliar seu horizonte e maximizar sua percepção. Se você não sabe onde quer chegar qualquer caminho serve, já dizia o Gato à Alice no Pais das maravilhas.

Criar objetivos e depois conseguir concretiza-los vai lhe proporcionar ganhos incríveis tanto pessoalmente como profissionalmente. Mas para chegar em algum lugar mais rapidamente você pode utilizar o COACHING.

Temos ferramentas que vão lhe proporcionar um aumento de percepção  do ESTADO ATUAL, elaborarando um PLANO DE AÇÃO utilizando os RECURSOS NECESSÁRIOS para chegar a um ESTADO DESEJADO. Simples assim.

Será que eu preciso de um Coach?

Essa realmente é uma grande dúvida de todos que nos procuram em busca de um Processo de Coaching. Com certeza você irá se beneficiar sim de um Processo de Coaching. Você irá aumentar sua percepção e ter ganhos expressivos e em uma velocidade que vai parecer mentira, mas você terá provas contundentes que não se trata de mentira. Sabe como? Observando seus resultados.

Um bom COACH vai conseguir lhe ajudar a mensurar seu momento atual e lhe CONDUZIR até o patamar que você almeja.

O Processo de Coaching  para um negócio começar a sentir esses efeitos pode levar de 90 dias a 2 anos, mas os primeiros resultados já começam a aparecer normalmente no primeiro mês. Aumentos de 30 a 120% no Lucro são normalmente relatados. Ampliação do Negócio, aumento da capacidade de atendimento sem onerar a empresa, otimização de espaço físico e de tempo também podem ser verificados rapidamente.

Mas funciona?

Pesquisa com 2130 coachees (quem participa de algum processo de Coaching), promovida e divulgada pelo ICF (2009) – International Coaching Federation – principal órgão internacional e pioneiro em Coaching, com sede nos Estados Unidos, apontaram os seguintes resultados:

  1. 96% mostraram-se muito satisfeitos, e considerando os resultados obtidos, voltariam a fazer Coaching;
  2. De 70 a 80% apontaram impactos muito positivos na elevação da auto-estima e da auto-confiança; na melhorias dos relacionamentos, nas habilidades de comunicação e nas habilidades interpessoais (como trabalho em equipe) e na elevação do desempenho no trabalho;
  3. De 51 a 67% apontaram impactos muito positivos na melhoria da gestão do tempo; Organização pessoal; Oportunidades profissionais; Bem-estar e no melhor equilíbrio das relações de trabalho-vida pessoal / familiar e social;
  4. 30% das Pessoas Físicas afirmaram ter obtido pelo menos 100% de retorno sobre o investimento, sendo que a média foi de um retorno de 344% sobre o investimento.
  5. 86% das Pessoas Jurídicas afirmaram ter obtido pelo menos 100% de retorno sobre o investimento, sendo que a média foi de um retorno de 700% sobre o investimento.

Enfim um bom Processo de Coaching tanto pessoal como para seu negócio pode lhe ajudar a aumentar seus resultados rapidamente.

Se tiver alguma dúvida ou questão e quiser saber se um Processo de Coaching é indicado para sua empresa entre em contato conosco pelo formulário abaixo que teremos um grande prazer em esclarecer suas dúvidas.


Seu nome (Necessário)

Seu e-mail (Necessário)

Telefone Fixo com DDD (Necessário)

Melhor horário para contato via telefone (opcional)
ManhãTardeNoiteHorário Comercial

Cidade/UF (obrigatório)

Sua Pergunta ou Necessidade atual

Fonte: http://www.sebraesp.com.br/index.php/234-uncategorised/institucional/pesquisas-sobre-micro-e-pequenas-empresas-paulistas/micro-e-pequenas-empresas-em-numeros/14975-panorama-das-mpes-paulistas-2015

Deixe sua Opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *