copo cheio ou vazio?

Otimistas versus Pessimistas, qual o melhor opção para viver?

Seu copo está meio cheio ou meio vazio?

Se você quer realmente ter uma vida melhor, de alta performance, é bom prestar atenção no que dizem os estudos: é melhor ver o copo meio cheio.

Pesquisas científicas já comprovaram uma longa lista de benefícios para ser otimista. Aqui estão alguns deles:

  • Otimismo está associado com melhor saúde e uma vida mais longa.
    Fonte: Stroke, Journal of American Heart Association.
  • Praticar o otimismo e a gratidão CAUSAM aumento na felicidade (e não o contrário!)
    Fonte: Emotion, Vol 11(2), Apr 2011, 391-402.
  • O exército norte-americano ensina otimismo aos seus soldados pois isso os deixa mais fortes e aumenta sua persistência.
    Fonte: artigo Annie Murphy Paul, Time Magazine.
  • Ser socialmente otimista (ou seja, ter a expectativa de que gostem de você) faz com que as pessoas realmente gostem mais de você.
    Fonte: Personality and Social Psychology Bulletin.
  • Expectativas de resultados positivos em negociações fazem com que as pessoas atinjam mais rapidamente um acordo satisfatório.
    Fonte: Journal of Experimental Social Psychology, Volume 46, Issue 3, May 2010, Pages 494-504.
    Otimistas têm mais sorte. Pesquisas mostram que, ao pensar positivamente, as pessoas perseveram mais e criam mais oportunidades para si mesmas.
    Fonte: Luck Factor, Richard Wiseman.
    Vendedores otimistas têm mais sucesso do que pessimistas.
    Fonte: The Happiness Advantage, Shawn Achor.
    A lista poderia continuar indefinidamente. Uma das coisas que recomendamos é que você busque ter atitudes otimistas diariamente, pois isso está associado diretamente com a alta performance e com uma vida plena, realizada e feliz.

Da mesma forma, o outro lado da moeda também é verdadeiro.

Martin Seligman, professor da Universidade da Pensilvânia (EUA) e expert em felicidade, explica que o pessimismo é muitas vezes negativo:

As pesquisas revelam, previsivelmente, que o pessimismo provoca baixo desempenho em muitas áreas: corretores de seguros pessimistas fazem menos contatos de vendas, são menos produtivos, têm baixa persistência e desistem mais facilmente do que corretores otimistas. Alunos pessimistas tiram notas piores do que alunos otimistas, e assim por diante.

Interessante notar nos estudos de Seligman que ele descobriu alguns “mitos” sobre o otimismo. Por exemplo, que escutar músicas alegres/motivadoras ou ficar repetindo frases motivacionais na frente do espelho tenham algum efeito duradouro. Essas ações criam uma energia motivacional rápida, mas que também rapidamente se perde.

A única coisa que parece realmente alterar o otimismo e a motivação das pessoas de maneira sustentável é o desenvolvimento de um novo conjunto de habilidades. Ou seja – aprender a fazer algo novo, ou a fazer de maneira diferente e melhor algo que já fazemos.

Mas vamos dizer que você se encontre numa determinada situação tendo pensamentos e sensações pessimistas. O que fazer?

Bem esse texto já está muito longo, continuamos no próximo artigo.

Forte abraço,

Marcos Rocha


banner-7-passos


Deixe sua Opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *